12 Benefícios da Artemísia – O Que é e Para Que Serve

Chá de artemísia

A artemísia é uma planta que pode ser usada na culinária e na medicina devido aos seus efeitos benéficos para a saúde e sabor característico. Historicamente usada por mulheres para inibir os ciclos menstruais e aliviar sintomas da menopausa, a artemísia também já foi muito usada por parteiras para facilitar o nascimento do bebê e evitar dores durante o parto.

Mas os benefícios da artemísia vão além. A presença de antioxidantes e diversos nutrientes na planta ajudam a tratar problemas digestivos e intestinais como náusea, vômito, constipação e úlceras.

Ficou curioso? Quer conhecer e aprender mais sobre todos os benefícios da artemísia e seus diferentes usos? Então você está no lugar certo.

Artemísia – O que é?

A Artemísia é uma planta que pode ser chamada também de gengibre verde, camomila do campo, flor-de-são-joão, rainha das ervas, erva de fogo ou absinto selvagem. Ela às vezes é confundida com a erva de São João devido ao nome parecido ou a erva de crisântemo devido à semelhança, mas tratam-se de espécies diferentes.

A planta apresenta em sua composição antioxidantes como flavonoides, cumarinas, triterpenos e substâncias como cânfora, tujona, linanol, betasitosterol e betacaroteno. Também é repleta de vitaminas e minerais como a vitamina A, a vitamina K, a vitamina E, algumas vitaminas do complexo B, o potássio, o cálcio e o ferro.

As propriedades da Artemísia são muito amplas, até porque existem muitas variedades da planta principalmente em países da Ásia, da Europa e da América do Norte. Há mais de 380 espécies diferentes de Artemísia e cada uma tem características e benefícios específicos. Os tipos mais comuns para fins medicinais incluem as seguintes espécies:

  1. Artemisia vulgaris: a artemisia vulgaris é a espécie mais comum no Brasil e comumente chamada apenas de artemísia. E é sobre as propriedades dessa espécie que vamos tratar nesse artigo. Ela é muito usada para tratar problemas como anemia, dor de estômago, ausência de apetite, ciclo menstrual irregular, gastrite, nevralgia, nervosismo e mau hálito.
  2. Artemisia dracunculus: essa espécie de artemísia é usada para tratar cólicas menstruais, reumatismo, má digestão, insônia, hiperatividade e náuseas.
  3. Artemisia absintum: essa espécie é útil para combater micro-organismos como vermes e parasitas presentes no organismo. Ela também auxilia no tratamento de azia, febre, má digestão, falta de apetite, além de atuar como repelente de insetos e como um substituto ao uso de sal.
  4. Artemisia pontica: a artemisia pontica tem efeitos muito parecidos com os da artemisia absintum e também pode ser usada para combater dores devido as suas propriedades analgésicas e como aromatizante natural de bebidas alcoólicas.
  5. Artemisia lactiflora: a artemisia lactiflora é muito usada na culinária chinesa para dar sabor aos alimentos.
  6. Artemisia annua: tal espécie é útil no combate de doenças como a malária. Além disso, ela apresenta propriedades antissépticas e antiparasitárias que ajudam o sistema imunológico a combater condições de saúde como febre, resfriado e gripes além de facilitar a digestão e ser útil no tratamento de alguns tipos de câncer de mama, de próstata e a leucemia.
  7. Artemísia ludoviciana: essa espécie da planta se destaca pelas suas propriedades antissépticas e antipiréticas que ajudam no combate de doenças que causam inflamação na pele e gripes, por exemplo.

O nome Artemísia foi dado devido à antiga deusa grega Artemis, conhecida como a deusa da virgindade, dos animais, da caça e do parto. Trata-se de um arbusto da mesma família do girassol e da margarida. A planta de hastes roxas que podem alcançar até 5 metros de altura apresenta folhas verde-escuras e pelos brancos emaranhados. Já as flores são pequenas e apresentam uma cor marrom avermelhada, ou amarela com alguns tons de verde.

Praticamente todas as partes da planta são usadas para fins medicinais. No entanto, o mais comum é extrair seus nutrientes das folhas. Assim, as folhas e as flores são colhidas um pouco antes da maturidade e secas para uso medicinal.

Para que serve

A artemísia parece apresentar propriedades bactericidas, antifúngicas, antiasmáticas e expectorantes muito úteis para aliviar problemas respiratórios e infecções. Alguns dos usos da praticados através da medicina tradicional durante muitos anos incluem:

  • Tratamento de problemas estomacais e intestinais incluindo constipação, dores, espasmos e outros desconfortos;
  • Alívio de cãibras;
  • Melhoria da digestão;
  • Estímulo à circulação sanguínea;
  • Tratamento de condições inflamatórias na pele e aliviar coceiras e desconfortos causados por cicatrizes de queimaduras, por exemplo;
  • Alívio de dores e sintomas relacionados à menstruação e à menopausa;
  • Tratamento de insônia e melhoria de sintomas de ansiedade e depressão;
  • Perda de peso
  • Redução de sintomas de ansiedade e depressão;
  • Combate de infecções que afetam o trato urinário;
  • Tratamento de inflamações e condições respiratórias;
  • Problemas renais;
  • Fortalecimento do sistema imunológico e desintoxicar o organismo;
  • Regulação dos níveis de açúcar no sangue.

Há ainda estudos em desenvolvimento que sugerem o uso da planta para tratar dores articulares e alguns tipos de câncer.

Apesar de todos esses usos, nem todos eles são atestados cientificamente. Vamos descobrir então, de fato, quais são os reais benefícios da artemísia para a saúde?

Benefícios da Artemísia

1. Tratamento de ansiedade e depressão

O chá de artemísia é conhecido por ajudar a aliviar sintomas de ansiedade, depressão e estresse crônico. Isso porque a erva é capaz de aliviar o estresse no sistema nervoso e metabólico e melhorar a qualidade de vida das pessoas que sofrem com esses transtornos.

2. Melhoria da digestão

O chá de artemísia é usado há muito tempo para aliviar a indigestão e melhorar dores e desconfortos estomacais. A erva ajuda a estimular o apetite, reduzir o inchaço associado à retenção de gases, aliviar cólicas e problemas como prisão de ventre e diarreia.

Isso acontece porque alguns compostos ativos presentes na planta podem estimular a produção de bile, substância que ajuda a digerir os macronutrientes como a gordura obtidos através da dieta e a absorver os nutrientes, o que pode acelerar e facilitar a digestão.

3. Alívio de cólicas menstruais e estímulo à menstruação

O chá de artemísia é usado desde muitos anos atrás para tratar a dismenorreia, conhecida popularmente como cólica menstrual. Além disso, há benefícios da artemísia para o estímulo e regulação do período menstrual. Ela ainda ajuda o corpo a passar mais facilmente pelas alterações que geram sintomas desagradáveis durante a menopausa.

Isso ocorre porque a artemísia aumenta o fluxo menstrual, permitindo uma circulação de sangue saudável na região pélvica e nos músculos uterinos, o que faz com que os…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *