4 Benefícios da Vitamina D para o Cabelo

Vitamina D

Você provavelmente já está careca de saber que o nosso organismo exige que consumamos uma série de nutrientes para que ele possa funcionar corretamente.

Entre esses nutrientes, encontram-se as vitaminas, e no grupo das vitaminas, está a vitamina D. Ela pode ser fornecida ao organismo por meio da exposição ao sol e de poucos alimentos como gema de ovo, fígado e peixes de água salgada.

Além disso, algumas empresas fabricam produtos como leite e cereais fortificados com a vitamina D, e o nutriente também pode ser encontrado nos cogumelos e em grãos.

A vitamina D é conhecida por ajudar a construir ossos fortes por meio do aumento da absorção de cálcio e fósforo por parte do organismo. O nutriente também atua no sistema nervoso, no sistema muscular e no sistema imunológico.

O National Institutes of Health’s Office of Dietary Supplements (Agência de Suplementos Alimentares dos Institutos Nacionais de Saúde, tradução livre) recomenda que as pessoas adultas consumam 600 unidades internacionais ou 15 microgramas de vitamina D diariamente.

A vitamina D para o cabelo

Mas será que além de trabalhar nessas regiões do nosso organismo, também é possível afirmar que existem benefícios da vitamina D para o cabelo? É justamente isso o que vamos destrinchar a seguir.

1. Auxílio à criação ou ao acordar dos folículos capilares

Nos últimos anos, a vitamina D foi associada ao crescimento dos cabelos. Segundo nossas pesquisas, a vitamina D pode contribuir com a criação de novos folículos – pequenos poros onde novos cabelos podem crescer. Isso pode melhorar a espessura ou diminuir a quantidade de perda de cabelo.

Ao lado de outras substâncias químicas descobertas recentemente, a vitamina D também pode auxiliar a acordar os folículos que tenham se tornado dormentes.

A calvície acontece quando os folículos estão constantemente dormentes. Entretanto, alertamos que mesmo com os folículos despertados nem sempre ocorre a produção de cabelo. Além disso, existem poucas evidências de que o nutriente possa trazer o retorno dos cabelos.

2. Prevenção da queda de cabelo

Não há quem diga que prevenir é o melhor remédio? Pois bem, se as evidências que apontam que a vitamina D pode fazer os cabelos voltarem a crescer são poucas, o nutriente pode ter o seu papel importante na prevenção da queda dos cabelos, tendo em vista que a sua deficiência pode estar associada ao problema.

É comumente encontrada em pacientes com deficiência de vitamina D, com raquitismo resistente à vitamina D ou com mutação ao receptor da vitamina D.

Um estudo que envolveu 86 pacientes com alopecia areata, além de pessoas com vitiligo e indivíduos saudáveis, indicou que níveis de vitamina D dos participantes com alopecia areata eram significativamente mais baixos do que os daqueles saudáveis ou com vitiligo.

Também afirmou-se que a deficiência de vitamina D foi associada à alopecia e foram mencionadas pesquisas em que mulheres com idade entre 18 anos a 45 anos de idade que sofrerem com alopecia ou outras variedades de perda de cabelo apresentavam níveis reduzidos de vitamina D.

É com base nisso que se conclui que certificar-se de fornecer doses adequadas de vitamina D ao organismo pode ser uma das formas de prevenir a queda de cabelo. Mas veja que ela não é a única, porque a perda de cabelo também pode ser provocada por diversas outras causas. Dito isso, é possível que uma pessoa tenha queda de cabelo ainda que possua níveis adequados de vitamina D no organismo.

Portanto, se você já sofre com queda de cabelo ou com problema de crescimento capilar, deve procurar o auxílio de um dermatologista para que ele examine e diagnostique o seu problema e, assim, possa prescrever o tratamento adequado para o seu quadro.

3. Evitar que o crescimento dos cabelos seja atrofiado

No mesmo sentido, um dos papéis da vitamina D para o cabelo é estimular os novos e os antigos folículos capilares. Quando não há vitamina D suficiente no corpo, o crescimento de novos cabelos pode ficar atrofiado.

No entanto, ressalta-se que o real papel da vitamina D em relação ao crescimento dos cabelos não é conhecido e que ainda que se acredite que o nutriente possa ter uma papel na produção da cabelos, a maioria das pesquisas está focada nos receptores de vitamina D.

4. Eflúvio telógeno

Na condição conhecida como eflúvio telógeno, também pode ocorrer a queda de cabelo. A deficiência de vitamina D é vista como uma das possíveis causas para a condição.

Uma pesquisa divulgada examinou a relação entre níveis séricos de vitamina D e de uma proteína chamada ferritina (encontrada nas células, que permite que elas armazenem ferro) e o eflúvio telógeno e o padrão de queda de cabelo em 80 mulheres.

O estudo concluiu que níveis baixos de vitamina D e de ferritina estavam associados com os dois tipos de perda de cabelo.

Entretanto,  a queda de cabelo é um fenômeno não completamente entendido pela ciência e enquanto níveis reduzidos de vitamina D foram associados com algumas variedades de perda de cabelo em pesquisas clínicas, isso não estabelece um relacionamento direto de efeito e causa.

Cuidados com os suplementos de vitamina D

Antes de começar a utilizar qualquer suplemento de vitamina D para o cabelo ou para qualquer outra finalidade, é fundamental que você consulte o médico para se certificar de que a utilização do produto realmente é necessária para o seu caso, conferir se ele não é contraindicado para você e saber qual a dosagem apropriada e segura para a saúde do seu organismo.

Isso porque, como uma vitamina solúvel em gordura, a vitamina D pode acumular no tecido adiposo em níveis perigosos, caso seja ingerida em excesso.

Consumir muita vitamina D pode resultar um muito cálcio no sangue, o que, por sua vez, provoca fadiga ou problemas renais. Informamos que a ingestão de vitamina D em excesso também pode provocar efeitos colaterais como náusea, vômito, prisão de vente, fraqueza, ritmos cardíacos anormais e confusão mental.

Você já conhecia os benefícios da vitamina D para o cabelo? Já experimentou tomar suplementos dessa vitamina com esse intuito? Comente abaixo!

Note: There is a rating embedded within this post, please visit this post to rate it.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *