Como realizar o sonho de viver na Itália em 3 dicas

Quando Francis Mays (Diane Lane) – sob o sol da Toscana – deixou para trás o ônibus turístico para comprar uma casa antiga na Itália, muitas pessoas certamente pensam: "Eu queria que você tivesse a coragem disso!" Para aprender que mudar o país, a vida, não é impossível. Eu só tenho muita vontade, design e bom planejamento. Com as nossas dicas a seguir, você pode obter mais sucesso neste esforço!

Como alcançar o sonho de morar na Itália em 3 dicas

1. Aprendendo a se comunicar

Inglês fluente não é suficiente na Itália, especialmente se você for para cidades menores. Você deve ser capaz de se comunicar em italiano para não encontrar problemas diários, desde o supermercado até a entrevista de emprego. A boa notícia é que atualmente não há desculpa para não aprender um novo idioma. Existem muitos sites e aplicativos que aprendem outro idioma de maneira tão divertida que parece que você não está estudando. Em Babil, você pode aprender italiano em 15 minutos de aula, repleto de exemplos práticos da vida cotidiana, evitando situações embaraçosas!

  YouTube Video

Depois de fazer login no aplicativo, siga as dicas que fornecemos aqui para manter o foco no estudo on-line e dedicar-se. Em pouco tempo, você poderá se comunicar em italiano e estará pronto para fazer as malas!

2. Procura de emprego

Uma coisa é certa: a pior viagem é entrar em outro país como imigrante ilegal. Não pense nisso! Portanto, se você não tem uma nacionalidade italiana – ou qualquer outro país da UE – é melhor entrar no país com um visto de trabalho.

Aqui também dá o poder da Internet, com muitos sites de emprego na Itália, como Monster, Clicca, Lavoro e Adecco. A maioria deles também tem um blog com dicas muito importantes, como legislação trabalhista na Itália e como escrever um currículo europeu. Vivendo na Itália ” width=”800″ height=”533″ />

. Planejamento Financeiro

O custo de vida na Itália pode ser considerado médio a alto entre os países europeus. É mais barato que a Inglaterra, mas é mais caro que Portugal, por exemplo.
Como em muitas cidades europeias, o aluguel é o mais importante e depende muito da cidade em que você escolhe morar. Em geral, cidades menores possuem aluguéis mais baratos. Roma e Milão estão entre os lugares mais caros – mesmo nessas áreas, quanto mais nos aproximamos do centro, mais caro ele é.

As contas de energia e gás (que também são usadas para aquecimento) são a cada dois meses e no inverno podem aumentar drasticamente. Para uma ideia, o custo médio do gás para cozinhar e tomar banho é de cerca de 25 euros por mês. Além de aquecimento pode ser de até 1000 euros durante o inverno.

A adição de despesas de transporte, alimentação e saúde (que não são gratuitas, mas de valor muito baixo), internet e televisão a cabo, é possível viver na Itália, com receitas de 1500 euros por mês – nas cidades mais baratas. Se você quer morar nas grandes cidades, pode se preparar para gastar cerca de 2500 euros por mês.

Parece muito, mas com planejamento e design, você pode alcançar o sonho de morar na Itália.

O post post Como verificar o sonho da vida na Itália em 3 dicas apareceu pela primeira vez na Superela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *