Poucas coisas na vida são mais honestas que o cansaço

Ninguém se cansa durante a noite. Nos sentimos cansados ​​depois de muita luta e muita dor. Estamos cansados ​​de insistir que os outros fiquem e comecem a entender que a despedida é um presente. Cansado de pedir explicações (que nunca são dadas) e perceber que você não precisa ser feliz. Ele tenta pedir alguém que nunca quis dar.

Os sintomas da fadiga emocional não são muito convenientes: insônia, fadiga física e mental, irritabilidade, falta de desejo sexual, baixa resistência a doenças e outros. Mas [يبدو ذلك مجنونا]: A fadiga é um grande privilégio e isso pode ser facilmente demonstrado no comportamento pessoal diário.

Os sintomas passam rapidamente quando você está determinado a se posicionar diante de situações que o incomodam. O descanso toma seu espírito e você se sente livre e forte para começar uma nova vida. Parece mágico: quando a fadiga aflige nossos olhos para uma nova vida e o que é importante antes que ela não exista mais.

Exagero? Não

Quando estamos cansados, não importa que interpretações, insistências ou declarações de amor. Nada disso acontece, porque simplesmente aprendemos a nos amar e a ver a vida com outros olhos.

Quando nos cansamos de não aceitar mais acessórios na agenda da noite de domingo, não aceitamos "EU TE AMO" como um prêmio de satisfação e nenhuma empresa como costume. Em outras palavras, sentir-se cansado é o grito da liberdade da razão

É sempre bom deixar claro que não estamos discutindo aqui importantes retiradas como termos úteis, o que, por alguma razão, leva o casal a seguir os caminhos opostos. Nestes casos, o respeito e a paixão continuam, mas por razões aleatórias, o amor acaba. Nós nos concentramos em relacionamentos unidirecionais, onde um dos dois é abusivo, ignorante e negligente com o relacionamento.

Ninguém pode nadar contra a maré toda a sua vida.

  Against Persians

Quadros corporais e mente pede ajuda. Um ótimo exemplo disso são as relações baseadas no ciúme excessivo e na extrema insegurança. Note que quando o relacionamento é baseado nessas sensações tóxicas, a tendência a piorar dia após dia e trazer a paz traz depressão, trauma e medo.

O cansaço nos permite entender que o amor verdadeiro não é egoísta nem egoísta. É abusivo e não causa dor. O amor é o primeiro amor em si, depois a reciprocidade. Albert Camus disse em sua infinita sabedoria que "o homem tem dois lados: ele não pode amar ninguém a menos que ele se ame".

Então, quando os sintomas persistirem, tome medidas. Saia da sua zona de conforto e fique à frente dos fatos. Até porque as doenças resultantes do esgotamento emocional não podem ser tratadas desde que as causas não sejam (certamente) resolvidas.

Image: Pexels

O texto das pequenas coisas da vida é mais verdadeiro do que a fadiga originalmente publicada na Superela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *